07/09/2006

Maracujá ou Passiflora edulis Sims

É uma planta trepadeira, sub lenhosa, de crescimento vigoroso continuo; o sistema radicular (raízes) é pouco profundo, caule trepador, folhas lobadas e verdes com gavinhas (órgão de sustentação) gema florífera e gema vegetativa (origina rama) na axila da folha.

Maracujá Roxo (que são os meus): espécie mais indicada para regiões de altitude maior e climas frios.

Use o Maracujá para:

PARA AJUDARA ADORMECER: 1 colher (de sopa) de folha numa chávena de de chá com água bem quente. Cubra e coe depois de 10 min. Adoce com mel e beba antes de deitar.


COMO CALMANTE: ponha 2 colheres (de sopa) de folha em ½ l de água quente e ferva por 5 min. Coe e beba.


CONTRA COLICAS ABDOMINAIS: ponha 1 colher (de chá) de folha, 1 de flor de malva e 1 de menta numa chávena de chá com água bem quente. Coe depois de 10 min. Beba 2 ou mais xícaras durante o dia, em pequenos goles.

Método biológico de cultivo

Fertilização

Adubação: Com estrume bem decomposto

Adubo Verde: Feijão, amendoim, soja, milho, sorgo e trigo.

Exigências nutritivas: 3 partes de azoto, 2 partes de fósforo e 1 parte de potássio

Condições ambientais

Solo: adapta-se a quase todo tipo de solos desde que sejem bem drenados (não gosta de encharcamentos); prefere solos férteis com boa quantidade de húmus e com ph entre 5,4-6,8

Temperaturas: Mínima: 21º C; Máxima: 33º C . Costumo cobrir as raízes com palha (mulching), para que não sofra com os frios, já que por estes lados as temperaturas por vezes são negativas. O desenvolvimento pára por volta dos -2ºC.

Exposição solar: gosta muito de luz, é uma planta oalheira (mais de 11 horas).

Humidade: baixa a moderada

Cultivo

Polinização e frutificação: Floresce durante o Verão. Só de consegue a polinização por meio dos insectos.

Multiplicação: Deixar o fruto enrugar, depois semear as sementes no alfobre (viveiro de plantas para transplantar). Ao fim de 15 dias germinam.

Plantação: Deve-se plantar no Outono (com mais ou menos 20cm de altura) em covas bem estrumadas.

Intervalo: Deixar um intervalo de 3 a 4m entre as plantas.

Tutoramento: Como planta lenhosa que é precisa de apoio. Eu tenho umas estacas em aço galvanizado pintadas de verde (mas podem ser de madeira) com arames de 40 em 40cm.

Poda: após a frutificação corto os ramos secundários (deixo só um ramo por arame).

Regas: gota a gota na Primavera e no Verão.

Colheita

Desde meados do Verão até final do Outono é vê-los cair e apanhar diariamente para a frutiera.

Apesar de a planta ter uma vida produtiva de 7 ou 8 anos, a produção é mais abundante durante o 2º e 3º anos.

Normalmente ao fim de 5 anos costumo substituí-las.

Usos

Adoro sentar-me à sombra do maracujá e ir comendo....mas pode-e fazer sumos, tartes, gelados, cocktails, etc.

20 comentários:

Anónimo disse...

A família das Passifloras é vastíssima Existem algumas cujos frutos até a casca é comestível. É o maracujá melão, pois o seu tamanho é equiparado ao melão.No entanto as suas flores são todas idênticas Também chamam às suas flores Flores da Paixão e estão ligadas á Biblia junto á imagem de Cristo.Sou um intruso que gosta de visitar blogs de jardinagem. Passe-me a tratar como seu visitante habitual com o seguinte nome João ou simplesmente J.S.

Anónimo disse...

Foi o sentir-me só que me fez olhar de forma diferente para o meu jardim.
Encontrei este site, gostei da planta do Maracujá, não sei onde encontrá-la para plantar mas vou procurá-la.
Obrigada

Jarreta disse...

...pois claro..... p3eço i ensa desculpa por não ter respondido. João agradeço muito o seu comentário. Meu querido anónimo, as sementes do maracujá são fáceis de se encontrarem, basta compare em qualquer super mercado a referida fruta, deixar secar e plantar...foi isso o que eu fiz. Bem hajam.

Mauricio Santos disse...

Estava pesquizando informação na internet sobre maracujas, e adorei o seu blogue! Muito obrigado pela informação, e desejo-lhe tudo de bom, e muita prosperidade com os seus frutos!

RB disse...

Obrigado pela sua descrição. Não entendo a falta deste fruto nas bancas dos supermercados. Parece não haver produção organizada. Os que se vêem à venda, são grandes e sem sabor. Julgo que Brasileiros. Eu gosto mais dos pequenos roxos. Penso até em equacionar no investimento numa produção deste fruto. Não sei se no norte do distrito de Aveiro isso será possível, e se será rentável. Se alguém me poder ajudar..., agradeço.

Anónimo disse...

quando é que posso semear as sementes de maracuja???
obrigado

Fk disse...

Eu plantei dois o ano passado..cresceram imenso..só um deles me deu 2 maracujás pequeninos..mas provei e eram tão docinhos..vou passa-los para uns vasos maiores..pode ser que resulte em mais quantidade de frutos..Beijo adorei o blogue.

Anónimo disse...

Tenho uma casa de fim de semana na zona da Lourinhã, plantei 4 maracujás, que comprei à saída da praça da Lourinhã.
O ano passado foi o primeiro ano e apenas um deu alguns maracujás.
Este ano todos eles estão a dar maracujás e já apanhei aproximadamente 8Kg, uns mais pequeninos outros maiores, mas todos eles deliciosos.
ml

Anónimo disse...

´´Ja Plantei quatro nos arredores da minha flete na damaia
não tem crescido com boa frequencia vou-lhes deitar estrume de galinha.




L.Nunes

João Franco disse...

Olá!

Possuo uma vasta colecção de maracujás, talvez uma das maiores do país. Podem visitar o meu blogue em:

http://my-passiflora.blogspot.pt/

Terei todo o gosto em responder a quaisquer dúvidas.

João Franco

Anónimo disse...

O maracuja amarelo tem as mesmas propiedades do roxo?

Arménia Brito disse...

Olá anónimo,

O maracujá amarelo tem uma acidez mais elevado do que os outros maracujás, de resto penso eu que é igual.

Rocio disse...

Eu gostaria de tentar os vinhos destas uvas. Eu acho que todos nós temos essas coisas em nossa casa, mas também deve ter alguma delivery higienopolis sobre essas coisas.

Anónimo disse...

O "amarelo" e o "roxo" são a mesma espécie: passiflora edulis f. flavicarpa e passiflora edulis f. edulis respectivamente. O "roxo" é menos ácido, mas o "amarelo" tem mais sumo.

João Franco

xx disse...

Ainda bem que vejo a alguém a usar métodos biológicos, e ainda falar da sua experiência.

JSV SM FEIRA disse...

tenho varias plantas no meu quintal e acontece que estão a morrer permaturamente porque a raiz fica com um aspecto queimado,ou seja acautêentico carvão vegetal ?!
Se porventura,alguem souber e quizer ajudar-me ficaria muito grato.

maria moura disse...

plantei um pé maracujá (por estaca. Dá grandes flores tipo salmão escuro/encarnado. Foi plantado em Agosto do ano passado e só este ano deu flores, mas caiem todas e não dá nenhuma fruta.. :( será ke existem variedades só flor e neca de fruta? ;) obrigadinha

Arménia Brito disse...

Ola Maria,

Será que plantou um maracujá, ou uma espécie da família? É que:

"Passiflora é um género botânico de cerca de 500 espécies de plantas, pertencente à família Passifloraceae. São, em sua maioria, trepadeiras; algumas são arbustos, e algumas poucas espécies são herbáceas e são mais conhecidas pelo seu fruto, o maracujá - "Wikipédia)"

Bruno disse...

Maria Moura, eu plantei um maracujá roxo num vaso grande da minha varanda. Inicialmente aconteceu-me o mesmo, as flores apareciam e ao fim de 2, 3 dias caíam no chão... Foi então que pesquisei e vi que a polinização é feita exclusivamente por insetos de "grande" porte (aquelas abelhas bem gordinhas). Provavelmente no local onde plantou ainda não foram atraidos esses insetos. Foi o que me aconteceu. Solução: tive de fazer a polinização manualmente. Com uma luva de malha ou cotonete passei a fazer a polinização manualmente. A partir daí consegui que as próximas 5 flores dessem uns lindos maracujás:) Parabéns pelo blog!

Anónimo disse...

Semeei maracujá roxo que depois plantei 2 pés, cresceu muito bem e no 1º ano deu vários frutos, mas degenerou e deu maracujá banana.
Deu e continua a dar muita flor mas não muitos frutos, até agora 14, mas o facto da polinização ser feita por insectos de grande porte tem dificultado a produção, pois não aparecem muitos na zona. Vou tentar fazer a polinização manualmente.